A Porta que o homem não pode fechar…

Como qualquer pessoa que tenha trabalhado em prol do próximo, ela pôde contar com uma aposentadoria em seus pouco mais de 50 anos. Conheceu um mundo novo e entendeu porque aqui somos peregrinos. A sua felicidade veio acompanhada pela doença. Foi como uma filha, geniosa e mandona, retirando a sua seiva.

portaaberta.jpegDepois de anos de tratamento no SUS, com choro e dores, faltando 3 meses para cumprir uma carência do plano de saúde, tendo resistido ao máximo, apelou à justiça. Encontrou a porta aberta e um ser humano togado que lhe garantiu um tratamento que lhe possibilitasse a sobrevivência. Alguns dias depois, todavia, ela faleceu.

Os senhores da legalidade, com seus muitos papéis, clásulas e garantias, passaram por aquela porta e entraram num salão. Lá, homens experientes, sem saberem de seu recolhimento, disseram que poderia haver dano irreparável ao plano de saúde, caso mantivessem aquela porta aberta, pois a urgência não estava em atendê-la corretamente e garantir o direito à vida, mas em poupar o plano de saúde. Fecharam a sua única porta, sem perceber que Deus já havia aberto outra, no seu Reino de Glória.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s